Turistas que passariam férias em Porto de Galinhas são detidos com maconha no Aeroporto do Recife

Uma advogada de 23 anos, um administrador de 26 anos, um empresário de 32 anos e um servidor público estadual de 29 anos foram detidos com 80 gramas de maconha no Aeroporto Internacional do Recife. Segundo a Polícia Federal (PF), os suspeitos informaram em depoimento que vieram a Pernambuco para passar 10 dias de férias na praia de Porto de “[Os suspeitos] assumiram ser usuários de maconha”, disse a PF em nota oficial. De acordo com a PF, dois dos suspeitos – a advogada e o servidor público – são do Mato Grosso do Sul. O administrador e o empresário residem em Ipojuca. Ambos, no entanto, são naturais do estado do Centro-Oeste.

“Ao ser feita uma busca minuciosa em seus pertences encontrou-se cerca de 70 gramas de maconha com os três primeiros suspeitos e ao saírem do Aeroporto e se encontrarem com um empresário, também foi encontrado 10 gramas de maconha dentro de seu veículo”, acrescenta o comunicado da Polícia Federal.

Após a droga ser encontrada, os quatro foram detidos e conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, no Bairro do Recife, área central da Cidade. No local, todos foram autuados através de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pela prática de “trazer consigo para consumo pessoal substância entorpecente proibida por Lei”, contida no artigo 28 da Lei nº 11.343/2006.

As penas para essa prática são de advertência sobre os efeitos das drogas; prestação de serviços à comunidade; medida educativa de comparecimento à programa ou curso educativo. Após prestarem o compromisso de comparecerem à Justiça, os quatro foram liberados e vão responder ao processo em liberdade.

Fonte: Folha PE

text

Adicione seu comentario

Seu endereo de email no ser publicado.