Justiça manda soltar dono da moto utilizada no atropelamento de jovem em Ipojuca

Em decisão proferida nesta sexta-feira (16), o juiz do polo de custódia de Jaboatão dos Guararapes, Carlos Fernando Carneiro Valença Filho, concedeu liberdade provisória sem o pagamento de fiança para Keviny Matheus Marques da Silva, proprietário da motocicleta utilizada no atropelamento que vitimou a jovem Maria Vanessa Galdino na semana passada. Ela era funcionária da Panificadora Santo Antônio (Padaria de seu Peca) e foi atropelada nas proximidades das Lojas Americanas de Ipojuca.

Entre as medidas cautelares concedidas pelo magistrado o comparecimento mensal na sede do juízo para justificativa de atividades, e a proibição de se ausentar da comarca em que reside durante oito dias.


ENTENDA O CASO

Keviny Matheus emprestou a moto para Luciano Amaro da Costa, autor do acidente. Além de ter emprestado o veículo, ele cometeu o crime de denunciação caluniosa e prestou um boletim de ocorrência alegando que a motocicleta foi alvo de furto por parte de Luciano.

Com o andamento das investigações, a equipe comandada pelo delegado Ney Luiz Rodrigues constatou contradição no depoimento e com a ajuda das câmeras de monitoramento instaladas no município verificou que a moto não foi furtada e sim emprestada pelo proprietário.

text

Adicione seu comentario

Seu endereo de email no ser publicado.