Três academias são interditadas no Cabo de Santo Agostinho

Três academias foram interditadas no Cabo de Santo Agostinho, na manhã desta quinta-feira (6), durante fiscalização conjunta do Procon Cabo e Conselho Regional de Educação Física de Pernambuco (CREF). As irregularidades encontradas foram por falta de profissionais, ausência de registro junto ao conselho e ausência do código do consumidor.
Os locais só serão reabertos após a apresentação dos documentos necessários às exigências legais. “A presença do profissional e o registro do estabelecimento no conselho é uma das exigências para o funcionamento de uma empresa’, explicou Rebekka Kretzschmar, agente de fiscalização do CREF.
Todas academias visitadas estavam sem o código do consumidor. As lojas foram notificadas e terão o prazo de 10 dias para apresentarem a defesa na sede do Procon Cabo. A multa pela ausência do exemplar é de R$ 1.050.
De acordo com Marcelo Soares, advogado do Procon Cabo, as fiscalizações são imprescindíveis para evitar os abusos com os consumidores. “Sem orientação, os consumidores podem adquirir problemas de saúde. Por isso nós estamos interditando e orientando essas empresas para que possam se regularizar e prestar um serviço de qualidade”, ressaltou.
Fonte: Diário de Pernambuco

text

Adicione seu comentario

Seu endereo de email no ser publicado.