Michele Andrade, cantora de Barreiros, é reprovada no The Voice Brasil

A pernambucana Michele Andrade não foi aprovada nas audições às cegas da sétima temporada do The Voice Brasil, da TV Globo, nessa terça-feira (31). A artista, que é de Barreiros, na Zona da Mata Sul do Estado, apresentou uma versão da música ‘Hora de Amar’, do cantor Gusttavo Lima, mas nenhuma cadeira virou para a Michele.

No diálogo após o final da apresentação da pernambucana, o cantor Lulu Santos, um dos técnicos do programa, elogiou a voz da artista e se desculpou por não ter escolhido ela para seu time. ”Me perdoe por não ter compreendido seu valor”, disse Lulu.

Assim como Michele, na estreia do programa, em 17 de julho deste ano, a recifense Thay Silva, de 16 anos, também não consegiu passar para a próxima fase do The Voice Brasil. A cantora, de apenas 16 anos, interpretou a canção ‘Não Me Deixe Só’, de Vanessa da Mata.

A adolescente, apesar de não ver nenhuma cadeira virar para ela, foi elogiada pela cantora Ivete Sangalo. “Você tem uma voz linda e um caminho a se ganhar de experiências”, afirmou Ivete.

Avançaram

As pernambucanas Erica Natuza, de 26 anos, Ally, 17, e Maraia Takai, 19, viram as cadeiras virar para elas e avançaram de fase no ‘The Voice Brasil’.

No palco do programa, Erica interpretou a música ”Pesadão” da cantora carioca Iza. Carlinhos Brown e Lulu Santos viraram as cadeiras para a recifense, que escolheu Brown como técnico na competição musical. Ally cantou uma versão da música ”Dark Horse”, de Katy Perry e foi escolhida para o time do cantor Michel Teló. Já Maraia apresentou a música ‘Don’t You Worry’bout a Thing’, de Stevie Wonderm e também foi escolhida por Brown.

 

Fonte: JC Online

Foto: Reprodução: TV Globo

text

Adicione seu comentario

Seu endereo de email no ser publicado.