Justiça afasta secretários municipais de Ipojuca; saiba quais são

Uma decisão judicial promete fazer uma minirreforma no grupo de secretários da prefeita do Ipojuca, Célia Sales. É que Leno Alves, titular da pasta de Agricultura e pai da vice-prefeita Patrícia Alves, Fernando de Fausto (Agência Desenvolvimento do Ipojuca) e Elias Pintor, que ocupa o cargo de diretor da Secretaria de Governo serão afastados. Em comum, o fato deles terem sido vereadores de Ipojuca e participado de um congresso em 2007, sendo condenados por improbidade administrativa com dano ao erário público e estão impossibilitados de assumir cargos públicos.

Quem também está no processo é o ex-vereador Nem Batatinha, irmão do atual vereador Washington.

Confira nota oficial da Prefeitura

Nota à imprensa

A Prefeitura do Ipojuca informa que recebeu notificação judicial sobre uma decisão oriunda de um processo de improbidade administrativa do qual alguns agentes políticos do município estão impedidos de exercer cargos públicos por um determinado período. O processo judicial a que se refere à decisão foi iniciado no ano de 2007 quando estas pessoas eram vereadores do Ipojuca. A notificação, no entanto, chegou à sede da Prefeitura do Ipojuca na última terça-feira (13). Entre os citados estão: José Heleno Alves, Fernando Antônio de Oliveira, Odimeres José da Silva e Elias José da Silva. Diante disto, as providências em relação ao afastamento dos mesmos estão sendo tomadas.

A Prefeitura do Ipojuca também esclarece que, diferente do que está sendo dito em algumas redes sociais, o secretário de Governo, Romero Sales, não consta na lista, não é parte deste processo e continua exercendo as funções que lhe foram confiadas.

text

Adicione seu comentario

Seu endereo de email no ser publicado.