Hotelaria de Porto de Galinhas recontrata 40% dos trabalhadores demitidos durante a pandemia

Durante o período da suspensão das atividades por conta da pandemia do novo coronavírus, a hotelaria de Porto de Galinhas chegou a demitir 40% de seus colaboradores. Cerca de seis mil trabalhadores, dos 15 mil empregados formalmente no turismo, foram dispensados entre março e junho.

Com a retomada do setor e a reabertura de emprendimentos a partir do início de julho, a boa notícia é que parte destes profissionais já foram recontratados. É o que garante o presidente do Convention & Visitors Bureau do destino, Eduardo Tiburtius.

“Reduzimos de 40% para 25% o contigente de desempregados”, disse o executivo durante entrevista coletiva de imprensa de abertura do Visit. Pernambuco Travel Show, evento de promoção do turismo que acontece no balneário até esta quarta-feira (2).

“Se tudo ocorrer bem, sem segunda onda de contaminação, até fevereiro todos os funcionários serão recontratados”, corrobora o presidente da Associação de Hotéis e Pousadas de Porto de Galinhas, Massimo Pellitteri.

#tvipojucaonline

Via JC

Foto: Hans Von Manteuffel 

text

Adicione seu comentario

Seu endereo de email no ser publicado.