Célia Sales lança programa “Ipojuca é top” e promete transformar cidade em canteiro de obras

A prefeita do Ipojuca, Célia Sales (PTB), lançou na manhã desta terça-feira (23) o programa de retomada econômica “Ipojuca é Top”, com o lema: “Trabalho, obras e progresso”. A iniciativa conta com cinco diretrizes: Geração de emprego e renda, melhorias dos equipamentos públicos, inclusão social, ampliação da rede de proteção da população e responsabilidade ambiental. O investimento será da ordem de R$ 118 milhões com atração de outros investimentos que somam R$ 29 milhões.

O pronunciamento contou com a presença do deputado-federal Ricardo Teobaldo, do estadual Romero Sales Filho, além dos vereadores, entre eles, o Pessedista Déoclecio Lira, a vice-prefeita e parte do secretariado municipal. Na área de pavimentação de Ruas, serão investidos R$ 42 milhões. Só em Serrambi, de acordo com a Gestão Municipal, serão 15 vias contempladas. Em Maracaípe, 8, sendo beneficiadas Ruas em diversas localidades do município.

No quesito iluminação pública, o investimento será de R$ 10 milhões e R$ 57 milhões em requalificação e construção de equipamentos públicos (Construção de creches, escolas, praças, escadarias, dentre outros).

Entre as ações que fazem parte do programa está a construção de 10 campos de futebol, conclusão da creche de Camela, implantação do sistema de água e esgoto do conjunto habitacional Canoas; instalação do acesso ao distrito industrial e do Senai em Ipojuca-Sede; implantação de 40 novas paradas de ônibus, requalificação de praças e contrução da nova Praça dos bugueiros em Porto de Galinhas; requalificação dos mercados públicos de Ipojuca e Camela, nova escola no Campo do Avião, coberta da quadra da Vila Califórnia, muro de arrimo da Rua do Açude e nova esperança, calçamento e encosta Rua do Cacimbão em Rurópolis de Ipojuca.

Na área do turismo, será lançada ainda uma campanha nacional para atrair turistas de todo País para o destino Porto de Galinhas. A expectativa é que apenas com a parte de obras sejam gerados aproximadamente 1,5 mil empregos direta e indiretamente para a população ipojucana. Também haverá o fortalecimento do programa Emprega Ipojuca, com a qualificação da mão de obra local, dentre outras ações.

Na ocasião, a gestora criticou antigos gestores do município. “Uns tiveram 8, outros 16 anos à frente da  Administração municipal. Nossa gestão, com apenas três anos, possui mais realizações”, finalizou.

Confira o pronunciamento

text

Adicione seu comentario

Seu endereo de email no ser publicado.